Tv News

Comissão aprova projeto que prevê hortas comunitárias em programas habitacionais federais

Por Diário dos Municípios em 10/06/2022 às 13:55:32
Instalação dos trabalhos e eleição de Presidente e Vice-Presidente. Dep. Christino Aureo PP-RJDeputado Christino Aureo, relator do projeto de lei

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 4074/21, que prevê a reserva de áreas para adoção de sistemas produtivos de agricultura urbana ou periurbana no âmbito de programas habitacionais federais ou financiados pela União.

O relator, deputado Christino Aureo (PP-RJ), recomendou a aprovação. “O cultivo de produtos agrícolas e a criação de pequenos animais, destinados ao consumo próprio ou à venda dos excedentes no mercado, têm se tornado cada vez mais frequente no interior ou nas cercanias de cidades ao redor do mundo”, disse.

Conforme a proposta aprovada, os projetos de agricultura previstos em conjuntos habitacionais deverão submeter-se ao plano diretor municipal. Esses estudos levarão em conta as áreas disponíveis e os sistemas produtivos viáveis, avaliando, no mínimo, as possibilidades de horticultura ou plantas ornamentais.

O ente federativo beneficiário do programa habitacional federal e titular da área destinada à implementação de agricultura urbana ou periurbana deverá firmar compromisso de apoio e de regulamentação para uso e manutenção. A eventual inviabilidade técnica de reserva de uma área deverá ser justificada em relatório.

Profissionais habilitados
O parecer aprovado pela Comissão de Agricultura incluiu emenda do relator para determinar que, além do engenheiro agrônomo ou florestal, o técnico agrícola que atue em atividades de extensão rural também possa atestar a inviabilidade técnica de reserva de área para projetos de agricultura em conjunto habitacional.

“A agricultura urbana e periurbana, realizada por meio de hortas comunitárias, por exemplo, tem se mostrado um instrumento importantíssimo para o aprimoramento das cidades e da qualidade de vida das pessoas”, afirmaram os autores da proposta, o deputado Célio Moura (PT-TO) e outros 24 parlamentares.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e ainda será analisado pelas comissões de Desenvolvimento Urbano; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Fonte: Agência Câmara

Comunicar erro
Anuncie Aqui

Comentários

Anuncie Aqui