Tv News

RJ: Sindicato diz que 49 escolas est√£o abertas com casos de covid-19

O novo levantameno foi divulgado ontem

Por Diário dos Municípios em 20/08/2021 às 14:25:26

O Sindicato Estadual dos Profissionais da Educa√ß√£o do Estado do Rio de Janeiro (Sepe-RJ) denunciou em um novo levantamento divulgado ontem (19) que 49 escolas públicas municipais da capital fluminense permanecem abertas mesmo com casos de covid-19 e pediu o imediato fechamento dessas unidades. O número representa um aumento em rela√ß√£o ao relatório anterior, do dia 17, em que 31 escolas estariam nessa situa√ß√£o.

Procurada pela Ag√™ncia Brasil, a Secretaria Municipal de Educa√ß√£o do Rio de Janeiro (SME) questiona que "o que é tratado como levantamento do sindicato n√£o tem qualquer embasamento científico". O órg√£o afirma que cumpre rigoroso protocolo sanit√°rio e segue as determina√ß√Ķes da Secretaria Municipal de Saúde e do Comit√™ de Enfrentamento à Covid-19, formado por especialistas e pesquisadores.

J√° o Sepe afirma que o relatório é produzido com base em denúncias dos profissionais de educa√ß√£o e que enviou o documento em ofício direto ao secret√°rio municipal, Renan Ferreirinha. Além do fechamento imediato das escolas com covid-19, o sindicato pede que o governo municipal feche todas as escolas até que a campanha de vacina√ß√£o alcance um grau massivo de imuniza√ß√£o da popula√ß√£o. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o município do Rio vacinou 71,8% da popula√ß√£o com a primeira dose e 34% com as duas doses ou dose única.

Protocolos

A Secretaria Municipal de Educa√ß√£o afirma que monitora as escolas por meio de ferramentas de gest√£o que permitem uma vis√£o sist√™mica e uma an√°lise de cada unidade escolar. A SME afirma que o distanciamento social é respeitado em todas as escolas, que também est√£o abastecidas com √°lcool em gel, sabonete líquido, m√°scaras para toda a comunidade escolar e demais itens para o funcionamento adequado. J√° o sindicato traz relatos de problemas no cumprimento dos protocolos, como um caso em que a escola tem salas de aula sem ventila√ß√£o e outra onde muitos profissionais n√£o usam m√°scara.

O levantamento afirma que 26 escolas est√£o fechadas por causa de casos de covid-19, e 37 tiveram turmas suspensas por esse motivo. Apesar de questionar o relatório do sindicato, a SME informa que as suspens√Ķes de aulas s√£o tempor√°rias e que essas turmas voltaram a assistir aulas online para n√£o ter prejuízos.

Segundo a secretaria, quando h√° confirma√ß√£o de casos entre alunos ou funcion√°rios, a recomenda√ß√£o do protocolo sanit√°rio é que haja sanitiza√ß√£o da unidade. "Após o período de 14 dias, cada uma delas retomar√° as suas atividades presenciais normalmente", diz a secretaria, que afirma que os pais s√£o a favor das aulas presenciais "As aulas prosseguem normalmente na rede municipal. Em levantamento recente, 82% dos pais e respons√°veis se manifestaram positivamente pelo funcionamento das escolas com aulas presenciais".

Variante Delta

No boletim epidemiológico desta sexta-feira (20), o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, alertou que a cidade enfrenta o momento com o maior registro de casos de covid-19 de 2021. "A gente tem que torcer, fazer o trabalho terap√™utico, ter os leitos à disposi√ß√£o, mas tem também que torcer para que os números de óbitos e o agravamento dos casos de covid n√£o se verifique. Estamos nesse momento com o maior número de pessoas com covid em todo o ano de 2021. N√£o é uma situa√ß√£o confort√°vel", disse o prefeito.

Segundo dados do painel Monitora Covid-19, da Funda√ß√£o Oswaldo Cruz (Fiocruz), a média móvel de novos casos em sete dias chegou ontem (19) a 1.879,57 novos registros di√°rios, o maior valor desde 21 de maio. Como o patamar de maio foi influenciado por um represamento de casos antigos, a incid√™ncia da doen√ßa pode estar em seu maior nível na cidade do Rio de Janeiro desde o início da pandemia.

Em sentido contr√°rio, as mortes por covid-19 est√£o em queda na cidade e chegaram ontem à média móvel de 36,71 novas vítimas di√°rias em um período de sete dias. No boletim semanal do Observatório Covid-19, divulgado ontem, pesquisadores da Fiocruz explicam que a queda pode ser resultado das campanhas de vacina√ß√£o, que reduzem os riscos de agravamento da doen√ßa, mas n√£o impedem completamente a transmiss√£o do vírus Sars-CoV-2.

Fonte: Agência Brasil

Comunicar erro
Anuncie Aqui

Coment√°rios

Anuncie Aqui