Tv News

Prazo para verificar integridade dos sistemas eleitorais termina hoje

A solicitaĆ§Ć£o deve ser feita mediante petiĆ§Ć£o fundamentada

Por Diário dos Municípios em 18/02/2021 às 16:18:24

Termina hoje (18) o prazo para as entidades fiscalizadoras solicitarem a verificaĆ§Ć£o extraordinĆ”ria pós-pleito da integridade e autenticidade dos sistemas eleitorais utilizados nas eleiƧƵes municipais de 2020. A solicitaĆ§Ć£o deve ser feita mediante petiĆ§Ć£o fundamentada e, caso seja aprovada, a JustiƧa Eleitoral deve fornecer as cópias dos arquivos em até cinco dias úteis.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), as entidades podem solicitar aos tribunais eleitorais relatórios e cópias de diversos arquivos de sistemas como os arquivos de Registro Digital do Voto (RDV), o registro das operaƧƵes feitas pelo software (log) e o Gerenciador de Dados, Aplicativos e Interface com a Urna Eletrônica (GEDAI-UE), bem como os dados alimentadores do Sistema de Gerenciamento da TotalizaĆ§Ć£o, entre outros.

Também podem requerer os relatórios de boletins de urnas que estiveram em pendĆŖncia, de urnas substituídas, bem como de comparecimento e abstenĆ§Ć£o em cada seĆ§Ć£o eleitoral.

Antes de iniciar a votaĆ§Ć£o, as urnas eletrônicas utilizadas nas eleiƧƵes passam por uma auditoria prévia de verificaĆ§Ć£o de autenticidade e integridade dos sistemas instalados. "Essa auditoria faz parte de uma série de medidas definidas pela JustiƧa Eleitoral para fortalecer a seguranƧa e a confiabilidade do sistema eletrônico de votaĆ§Ć£o", explicou o TSE.

Todos os dados que alimentam a urna eletrônica, assim como todos os resultados produzidos, sĆ£o protegidos por assinatura digital. Assim, nĆ£o é possível modificar os dados de candidatos e eleitores presentes na urna, nem o resultado da votaĆ§Ć£o contido no boletim de urna, o log das urnas, o arquivo de RDV, entre outros arquivos produzidos.

Principais arquivos

O RDV registra exatamente aquilo que foi digitado pelo eleitor na urna, sem qualquer processamento ou informaĆ§Ć£o adicional, ou seja, nĆ£o hĆ” como vincular um voto no RDV a um eleitor. Ele é utilizado somente no encerramento da votaĆ§Ć£o para gerar o boletim de urna e, assim, realizar o somatório dos votos de cada candidato ou legenda e o cômputo de votos nulos e brancos.

Como ele preserva exatamente aquilo que o eleitor digitou, é um instrumento importante de auditoria e verificaĆ§Ć£o da apuraĆ§Ć£o de uma seĆ§Ć£o.

O arquivo de log armazena o registro cronológico das principais operaƧƵes realizadas pelo sistema da urna eletrônica. Entre outras operaƧƵes, ele registra o início e o encerramento da votaĆ§Ć£o, a emissĆ£o de relatórios, os aplicativos que foram executados, os ajustes de data e hora, a realizaĆ§Ć£o de procedimentos de contingĆŖncia e os procedimentos que auxiliam na avaliaĆ§Ć£o da dinĆ¢mica do voto.

A partir do log, é possível analisar toda a história da urna eletrônica, desde a sua preparaĆ§Ć£o até o encerramento da votaĆ§Ć£o no segundo turno, caso ocorra.

Fonte: AgĆŖncia Brasil

Comunicar erro

ComentƔrios

Anuncie Aqui