Tv News

Anvisa recebe pedido de uso emergencial da vacina CoronaVac

Solicitação foi feita pelo Instituto Butantan

Por Diário dos Municípios em 08/01/2021 às 15:28:29

A Ag√™ncia Nacional de Vigil√Ęncia Sanit√°ria (Anvisa) recebeu hoje (8) o pedido de autoriza√ß√£o tempor√°ria de uso emergencial, em car√°ter experimental, da vacina CoronaVac. A solicita√ß√£o foi feita pelo Instituto Butantan, que conduz os estudos da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela empresa Sinovac no Brasil.

De acordo com a ag√™ncia reguladora, a triagem dos documentos presentes na solicita√ß√£o e da proposta de uso emergencial que o laboratório pretende fazer j√° foi iniciada. A meta da Anvisa é fazer a an√°lise do uso emergencial em até dez dias, descontando eventual tempo que o processo possa ficar pendente de informa√ß√Ķes, a serem apresentadas pelo laboratório.

"As primeiras 24 horas ser√£o utilizadas para fazer uma triagem do processo e checar se os documentos necess√°rios est√£o disponíveis. Se houver informa√ß√£o importante faltando, a Anvisa pode solicitar as informa√ß√Ķes adicionais ao laboratório. O prazo de dez dias n√£o considera o tempo do processo em status de exig√™ncia técnica", informou a ag√™ncia.

An√°lise

Para fazer a avalia√ß√£o, a Anvisa vai utilizar as informa√ß√Ķes apresentadas junto com o pedido e também os dados j√° analisado por meio da Submiss√£o Contínua. A an√°lise do pedido de uso emergencial é feita por uma equipe multidisciplinar e envolve especialistas das √°reas de registro, monitoramento e inspe√ß√£o.

Segundo a Anvisa, a equipe respons√°vel pela an√°lise vem atuando de forma integrada, com as a√ß√Ķes otimizadas e acompanhadas pela comiss√£o que envolve tr√™s diretorias da ag√™ncia.

Aquisição da vacina

Ontem (7), o Ministério da Saúde anunciou a assinatura de contrato com o Instituto Butantan para adquirir até 100 milh√Ķes de doses da vacina CoronaVac para este ano.

O contrato envolve a compra inicial de 46 milh√Ķes de unidades, prevendo a possibilidade de renova√ß√£o com a aquisi√ß√£o de outros 54 milh√Ķes de doses posteriormente. Esse modelo foi adotado pelo ministério pela falta de or√ßamento para comercializar a integralidade das 100 milh√Ķes de doses. O Instituto Butantan anunciou que a efic√°cia da vacina é de 78%.

Fonte: Agência Brasil

Comunicar erro

Coment√°rios

Anuncie Aqui